Algumas expressões idiomáticas com os vocábulos “aglio” e “aglietto”

Ciao ragazzi! Come va?

No nosso post de hoje falaremos dos vocábulos italianos “aglio” e “aglietto” e de algumas expressões idiomáticas em que são usados, tentando achar, se possível, uma tradução/solução na língua portuguesa. Gostaria de lembrá-los que o estudo de uma língua vai muito além das regras gramaticais com as quais todos os estudantes se deparam em qualquer curso de idiomas e, principalmente, na universidade.

aglio

O alho (aglio), como sabemos, é uma planta originária da Ásia Central. Nas suas diferentes variedades, é amplamente usado na culinária e na medicina. Entretanto, em senso figurado, faz parte de algumas expressões idiomáticas, como veremos a seguir:

a – Consolarsi con l’aglietto – resignar-se a uma perda, um fracasso, um investimento equivocado, considerando-se já com sorte por não ter sido pior. No passado, as colheitas eram muito mais expostas a riscos em relação aos tempos atuais, com muita frequência se perdia tudo. Os agricultores que sustentavam a família, com os lucros do que haviam plantado, podiam considerar-se felizardos por terem conseguido salvar pelo menos o alho! Não sei se concordam, mas me lembrei de uma expressão que minha mãe usava com muita frequência que dizia “vão-se os anéis e ficam-se os dedos“. De qualquer forma, creio que a tradução com o verbo pronominal resignar-se seja uma boa solução, concluindo com “vão-se os anéis e ficam-se os dedos”. O que acham?

Alla fine di tutto Anna si è dovuta consolare con l’aglietto, sarebbe potuta andare molto peggio. No fim de tudo, Ana teve que se resignar, poderia ter sido muito pior. Vão se os anéis e ficam-se os dedos!

 garlic-600x357

b – Mangiare l’aglio – ser obrigado a aceitar uma situação desagradável, como se tivesse que comer um alho. Creio que podemos traduzir como “ser obrigado a engolir sapos/o sapo“.

Stamattina sono arrivata al lavoro in ritardo e il mio capo me ne ha dette di tutte i colori. Ho dovuto mangiare l’aglio senza dire nulla. Hoje de manhã, cheguei atrasada ao trabalho e meu chefe soltou os cachorros em cima de mim. Tive que engolir o sapo sem dizer nada.

c- Ti saprà d’aglio –  exclamação que se diz (ou praga que se roga) a quem se apropriou indevidamente de alguma coisa em detrimento de outras pessoas, desejando que a ação lhe saia pela culatra, ou seja, “che ti sappia d’aglio!“. Duas soluções em português seriam: “você vai se arrepender disso” e “tomara que você se dane!”.

d – Un mazzo d’agli – algo de pouco valor, não agradável. Normalmente é usado para definir uma recompensa, um presente, um ganho ou um resultado que se demonstrou decepcionante. Pensei na expressão “presente de grego“, que nos dá, mais ou menos, a mesma ideia.

– Cosa ti ha regalato tuo marito nel giorno di San Valentino?

Un mazzo d’agli!

– Cosa?

– Non ci crederai … un grembiule per cucinare!

– O que o seu marido lhe deu de presente no dia dos namorados?

Um presente de grego!

– O quê?

– Você não vai acreditar…um avental para cozinha!

Por hoje é tudo, espero que tenham gostado do post. Se tiverem sugestões com respeito à tradução das expressões, deixem nos comentários.

Arrivederci e buono studio!

 

Rispondi

Inserisci i tuoi dati qui sotto o clicca su un'icona per effettuare l'accesso:

Logo WordPress.com

Stai commentando usando il tuo account WordPress.com. Chiudi sessione /  Modifica )

Google+ photo

Stai commentando usando il tuo account Google+. Chiudi sessione /  Modifica )

Foto Twitter

Stai commentando usando il tuo account Twitter. Chiudi sessione /  Modifica )

Foto di Facebook

Stai commentando usando il tuo account Facebook. Chiudi sessione /  Modifica )

w

Connessione a %s...